Policiais concluem que jovem assassinado em suposto roubo teve morte encomendada

2
Compartilhar

Lucas Eduardo de Godoy Batista, de 18 anos, mantinha um suposto relacionamento com a namorada do mandante do crime.

DA REDAÇÃO

Policiais civis de Sorriso (396 km de Cuiabá) apreenderam um adolescente, nesta quarta-feira (24), apontado como mandante do assassinato de Lucas Eduardo de Godoy Batista, de 18 anos. Inicialmente, o caso foi tratado como latrocínio, mas as investigações revelaram que o homicídio foi motivado por vingança.

Conforme o delegado José Getúlio Daniel, o inquérito apontou que o adolescente apreendido nesta quarta (24) teria encomendado a morte de Lucas Eduardo por motivo de ciúmes. O rapaz teria, supostamente, mantido um relacionamento com a namorada do adolescente.

Lucas Eduardo estava na frente de uma residência junto com outro jovem, no Jardim Primavera, no dia 11 de novembro, quando duas pessoas chegaram em uma motocicleta.

Um dos suspeitos desceu armado e mandou que os dois rapazes deitassem na calçada, anunciando um suposto roubo, e perguntou o nome das vítimas. Quando Lucas respondeu, foram feitos disparos em sua direção que atingiram a cabeça e costas. Na sequência, a dupla fugiu na motocicleta.

O rapaz foi socorrido ao hospital regional de Sorriso pelo Corpo de Bombeiros, mas não sobreviveu aos ferimentos.

A apuração sobre o homicídio prossegue para identificar os outros envolvidos no crime. Ainda conforme o delegado José Getúlio, as diligências realizadas até o momento apontam que a vítima não tinha relação com facção criminosa.

O adolescente envolvido no crime responderá a um ato infracional análogo ao crime de homicídio. Duas pessoas foram conduzidas em flagrante por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo durante as buscas na casa do infrator.

Compartilhar