PM prende quadrilha de cobrança de dívidas transportando vítima e quase R$ 1 milhão em cheques

145
Compartilhar

Três homens estavam com a vítima em um carro Gol com mais de 600 folhas de cheque bancários.

Além dos cheques, os policiais encontraram um dossiê com os dados dos possíveis devedores da quadrilha. – Foto por: PMMT

Por REDAÇÃO

Policiais Militares de Tangará da Serra prenderam três homens, de 29 ,42 e 61 anos, com 648 folhas de cheques, no valor de aproximadamente R$ 1 milhão de reais, na tarde de segunda-feira (27.04), no bairro Tarumã. Na abordagem, a PM percebeu que a quadrilha especializada em cobrança de dividida estava com uma vítima no carro.

Por volta das 16h, a equipe da Polícia Militar realizava rondas pelo bairro quando  deparou com o carro Gol em fundada suspeita. Os policiais abordaram os ocupantes do automóvel e encontraram 648 folhas de cheques bancários de valores diferentes; comprovantes de depósitos e dossiês completos de pessoas com nomes, endereços e dados de familiares.

Os policiais notaram que um dos ocupantes do carro estava sendo coagido e aparentava medo e nervosismo, ao conversar com o homem ele disse que estava sendo cobrado pelos três suspeitos e que possuem uma dívida no valor de R$ 10 mil reais, com um fornecedor do Estado de São Paulo.

A dívida teria sido negociada para pagar parcelado, mas ele foi surpreendido pelos três homens que se apresentaram como representantes em sua casa. A vítima relatou ainda que tentou negociar e entregaria um veículo F-400 no valor R$ 35 mil reais e que os cobradores iriam transferir os R$ 20 mil restante para a devedor.

Um dos suspeitos contou à polícia que é cobrador de dívidas, os outros dois homens informaram que vieram conhecer Mato Grosso e que  desconheciam o que o amigo fazia. A PM entrou em contato com a Polícia Judiciária Civil da cidade de Votuporanga, em São Paulo e foi informada que o suspeito que confessou que fazia cobrança, já têm passagem pela polícia por crime de estelionato.

As mais de 600 folhas de cheques totalizaram R$ 816 mil, os policiais encontraram também com os suspeitos mais R$ 1.800 reais e a quantia de 160 pesos uruguaios.

O carro Gol com placa de São Paulo foi apreendido na ação.  A Polícia vai investigar o caso.  Os três homens foram presos por estelionato, coação, ameaça e formação de quadrilha.

( Foto por: PMMT )

Serviço

Compartilhar