Padrastro estuprador fazia enteada acreditar que havia caso de amor

15
Compartilhar

A vítima foi encontrada pelas conselheiras sob extrema influência do abusador, o qual a colocava contra a mãe e dizia que os dois iriam morar juntos

Um homem, identificado pelas iniciais J.L.S., de 39 anos, foi preso em flagrante por estupro de vulnerável, na tarde de segunda-feira (16), em Jaciara (144 km da Capital).

O abusador estava mantendo um “relacionamento” com a enteada I.L.R.S.S., de 13 anos.

Ao Conselho Tutelar, a menor relatou que há cerca de um mês “tem um relacionamento amoroso” com o padrasto e que quando a mãe sai para trabalhar os dois mantém relações sexuais.

A vítima foi encontrada pelas conselheiras sob extrema influência do abusador, o qual a colocava contra a mãe e dizia que os dois iriam morar juntos.

A denúncia foi feita pela mãe da garota ao descobrir sobre os abusos. A menor, a mãe, e o padrasto foram levados para o Conselho Tutelar de Jaciara. Depois de escutar a vítima, as conselheiras acionaram a Polícia Militar (PM).

J. foi detido em flagrante e encaminhado para a Delegacia de Polícia. A mãe registrou um boletim de ocorrência contra o companheiro.

POR REPÓRTER MT

Compartilhar