Mulher é ameaçada e estuprada ao ter casa invadida em Várzea Grande

11
Compartilhar

Uma mulher de 30 anos foi abusada sexualmente ao ter a residência invadida no bairro Parque São João em Várzea Grande e ser ameaçada de morte. O caso aconteceu durante a madrugada desta segunda-feira (1). O suspeito, que já tem passagens pelo crime de estupro, foi preso pela Polícia Militar.

Segundo o relato da vítima, ela havia encostado a porta da residência, pois estava aguardando uma amiga que costumava dormir na casa. Tempos depois, a mulher acabou dormindo e ao acordar foi surpreendida pelo suspeito que estava nu ao lado de sua cama.

Com uma faca, o agressor fez ameaças de morte e estuprou a mulher. A proprietária da residência começou a gritar por socorro e foi arrastada pelo criminoso que a segurou pelo pescoço.

As agressões foram impedidas por testemunhas que conseguiram deter o suspeito e agredí-lo. Em determinado momento o acusado conseguiu fugir para uma região de mata, no entanto foi detido pela Polícia Militar ao retornar para sua residência.

Ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado à delegacia com diversas escoriações que foram causadas ao ser agredido pelos populares. Foi constatado que o acusado faz uso de tornozeleira eletrônica e é reincidente pelo crime de estupro.

POR HYPER NOTÍCIAS

Compartilhar