Investigador é aplaudido por colegas ao vencer batalha contra o coronavírus

25
Compartilhar

o policial agradeceu a Deus, a equipe médica e a família pela recuperação

Por REDAÇÃO

O investigador, lotado na Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá, deu entrada no Hospital Santa Rosa, na Capital, no dia 20 de maio e durante o tratamento ocorreu o agravamento da doença.Aplaudido por dezenas de colegas policiais e amigos, o investigador, Rony Cley Caetano da Silva, 45 anos, deixou o hospital nesta sexta-feira (28.06), após passar 37 dias internado em decorrência do contágio pelo novo coronavírus. O policial foi diagnosticado com a covid-19 no mês de maio e sofreu complicações durante o tratamento.

Devido às dificuldades respiratórias, o policial precisou ser encaminhado para uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), com o pulmão inflamado, sendo entubado e realizado tratamento com antibióticos, além da necessidade de hemodiálise devido ao agravamento da função renal. Dos dias em que ficou hospitalizado, 15 deles ficou entubado, tendo que passar por traqueostomia.

Para receber o policial que teve alta nesta sexta-feira (26), colegas de algumas unidades da capital, como da Derf Cuiabá, da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), Gerência de Operações Especiais (GOE), Delegacia Especializada de Combate à Corrupção (Deccor) e da Diretoria Geral estiveram na porta do hospital para homenagear o investigador.

Emocionado e com lágrimas nos olhos com a presença dos colegas, o policial agradeceu a Deus, a equipe médica, e a família pela recuperação. “Quero agradecer todos que oraram pela minha recuperação e os que me ajudaram para que eu pudesse estar aqui hoje, com mais essa vitória”, disse o policial.

Os colegas da Derf Cuiabá relataram o quando o policial é querido, sempre cordial com todos e também conhecido pelo hábito do sorriso e do abraço. “É um servidor que sempre despertou a simpatia por onde passa. Excelente profissional, dedicado, competente. Todos nós amigos policiais nos mobilizamos em oração pelo restabelecimento com fé em sua vitória. Rony é o nosso milagre e nada pode derrotar aquele que Deus escolheu para vencer”, disse a mensagem dos colegas.

O delegado da Derf, Gustavo Belão, que tem o policial como integrante da sua equipe, destacou que hoje é uma data especial para a Polícia Civil, principalmente para as pessoas mais próximas de Rony Cley e que já tiveram a oportunidade de trabalhar com o investigador.

“É um dia para agradecer a união de todos os investigadores, escrivães e delegados que oraram pela melhora do nosso colega, que hoje podemos dizer que venceu a batalha contra a Covid-19”, destacou o delegado.

Para o delegado-geral adjunto, Gianmarco Paccola Cappoani,o espírito de união e solidariedade marcou o momento para todos os policiais civis presentes. “Vivemos uma data histórica, um momento de muita emocao e gratidao ao receber nosso guerreiro, o investigador Rony, na saída do hospital onde esteve internado por longos 37 dias e agora curado da doença. É assim que devemos continuar a luta dessa nobre missao policial unidos!”, disse.

 

Compartilhar