Governo diz que Deputado Ulysses propaga fake news

29
Compartilhar

Os equipamentos de saúde guardados no Ginásio Aecim Tocantins voltam a causar polêmica com vídeo e resposta

A polêmica sobre os materiais de saúde guardados no Ginásio Aecim Tocantins, em Cuiabá, continua. Depois de um áudio que circulou por grupos de whatsapp, afirmando que o governo do Estado estava escondendo até respiradores no loca para quando a saúde pública entrasse em colapso total, abriria um hospital de campanha e ficaria como o salvador da pátria, teve até registro de boletim de ocorrência.

Agora, o deputado Ulysses Moraes visitou o ginásio e em um vídeo publicado afirma ter encontrado Equipamentos de Proteção Individual estocados desde o mês de abril e até respirados. Ele cobra uma posição do governo para onde estes materiais serão enviados. (veja material da assessoria e vídeo abaixo).

Pouco tempo depois das publicações dos materiais do deputado, o governo do Estado reagiu afirmando que Ulysses Moraes propaga “mentiras” mesmo após ter recebido todas as informações da equipe técnica da Secretaria de Estado de Saúde (SES) sobre os respiradores recebidos pelo Governo de Mato Grosso.

Na nota, o Estado afirma que na última segunda-feira (22) recebeu 20 respiradores do Ministério da Saúde, sendo 10 fixos e 10 para transporte. No mesmo dia, afirma que 10 equipamentos foram encaminhados para a Santa Casa de Rondonópolis – 5 fixos e 5 de transporte.

Os demais aparelhos, ainda segundo o governo, foram entregues nesta sexta-feira (26) ao município de Cuiabá, para auxiliar na abertura de mais leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs) para o combate à covid-19. Desta forma, a prefeitura da capital recebeu cinco respiradores fixos e outros cinco, móveis para transporte de urgência.

“O restante do estoque que está no depósito é exclusivo de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), que nunca faltaram na Rede Hospitalar Estadual. É lamentável que neste momento em que estamos lutando para salvar vidas, temos que gastar tempo para desmentir Fake News”.

Veja material da assessoria de imprensa do deputado:

Na manhã desta quinta-feira (25), o deputado Ulysses Moraes realizou uma fiscalização no Ginásio Aecim Tocantins, em Cuiabá, local onde alguns materiais hospitalares do Estado de Mato Grosso estão armazenados. O parlamentar fiscalizou também outros locais onde se encontram o estoque de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para o combate à Covid-19 no estado.

“Após receber algumas informações, fomos até lá para verificar do que se tratava. E sim é real, esses materiais existem e estão lá armazenados. Precisávamos saber para onde estavam sendo destinados e quando serão seriam entregues”, disse Moraes.

De acordo com a Secretaria de Saúde Estadual (SES-MT), esses equipamentos estão armazenados no ginásio porque foram comprados em grande quantidade. E segundo as informações, são destinados para as unidades hospitalares do estado, na medida em que os gestores realizam o pedido.

“Fomos ainda em outros locais de Cuiabá, onde estão estocados os EPIs e detectamos que alguns materiais estão lá desde abril. Tem desde luvas, macacões, máscaras até respiradores. O local é grande e realmente tem muitos equipamentos de proteção armazenados”, destacou o parlamentar.

Vale ressaltar que após essas fiscalizações, o deputado irá pedir os detalhes sobre o controle desses materiais. Ulysses Moraes quer entender para onde estão sendo distribuídos, quando estão sendo enviados e qual volume exato do que está chegando.

“Precisamos ficar de olhos abertos nisso, porque estou recebendo inúmeras denúncias dos profissionais da saúde de vários municípios sobre a falta de EPIs e materiais hospitalares, sendo que tem muito material estocado”, finalizou o deputado.

O deputado Ulysses Moraes infelizmente propaga mentiras, mesmo após ter recebido todas as informações da equipe técnica da Secretaria de Estado de Saúde (SES) sobre os respiradores recebidos pelo Governo de Mato Grosso.

Compartilhar