Cuiabá tem semana com menor número de mortes por covid desde junho

19
Profissional da saúde realiza coleta para teste de Covid-19 em escola de São Paulo (SP) 01/10/2020 REUTERS/Amanda Perobelli
Compartilhar

Apesar da redução, secretaria de Saúde alerta sobre a necessidade de manter as medidas preventivas para não ocorrer a segunda onda

Informe Epidemiológico divulgado pela Prefeitura de Cuiabá nesta terça-feira (17) aponta que a cidade tem o menor número de mortes – em uma semana – desde junho. No período de 8 de novembro e 14 novembro, Cuiabá teve 11 óbitos. Na primeira semana de junho, foram 8.

O boletim também aponta que nas últimas quatro semanas a média de mortes caiu de 29,3 óbitos para 14,8 óbitos, sendo uma queda expressiva. Na Capital, 30.811 residentes já foram infectados pelo novo coronavírus, sendo 1.058 vítimas fatais do novo coronavírus.

Entretanto, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) ressalta que, apesar do declínio nos números de infectados e mortos nas últimas semanas, na Capital, é necessário manter as medidas de prevenção. A SMS aponta que em lugares como o continente Europeu, que já foi epicentro da pandemia, o contágio foi controlado e, após a reabertura do comércio, cerca de um mês depois a situação voltou a aumentar, o que eles chamam de segunda onda.

Também é destacado que, cientificamente não há evidências de que as pessoas que se recuperam da covid-19 estãoá imunes, ou seja, com anticorpos para a doença.  É esperado que a maioria dos indivíduos infectados desenvolva uma resposta de anticorpos que forneça algum nível de proteção, no entanto, o que ainda não se sabe é o nível de proteção ou quanto tempo vai durar.

Desde a Semana Epidemiológica 14 (29 de março a 04 de abril), a SMS, com apoio de pesquisadores da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) publica o Informe Epidemiológico sobre a covid-19. O objetivo é monitorar o padrão de morbidade e mortalidade e descrever as características clínicas e epidemiológicas dos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave – SRAG – pelo SARS-Cov-2 em residentes no município de Cuiabá.

POR REPÓRTER MT

Compartilhar