Carlos Fávaro é eleito senador de Mato Grosso com 369 mil votos

3
Compartilhar

POR HYPERNOTÍCIAS

Carlos Fávaro foi eleito senador de Mato Grosso com 369.903 mil (25,99%) dos votos, segundo a apuração das urnas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Com 99% das urnas apuradas, Fávaro continua como senador até 2026, quando o mandato se encerra. Em segundo lugar, a candidata Coronel Fernanda (Patriota) teve 290.548 mil (20,42%) votos e o candidato Nilson Leitão (PSDB) com 156.273 mil (10,98) votos.

Fávaro, que é senador interino, assumiu após a saída da ex-senadora Selma Arruda (Podemos), cassada por abuso de poder e caixa 2 em dezembro de 2019, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O senador já foi vice-governador durante a gestão de Pedro Taques (Solidariedade), quem enfrentou na disputa desta eleição. Durante a campanha, Fávaro tentou vincular a sua imagem ao presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) e ao governador Mauro Mendes (DEM), que o apoiou publicamente.

Durante essa última semana de campanha, Fávaro demonstrou confiança em suas redes sociais e pediu apoio da população. “É bom ver que estamos juntos no caminho, mas o que importa de verdade é seu apoio. No domingo, vamos juntos fazer mais por Mato Grosso […] Estou muito feliz com a nossa trajetória, com tudo que construímos”, pontuou o senador.

Além de Fávaro, a coligação “Fazer mais por Mato Grosso” conta com Margareth Buzetti (PP) na primeira suplência e com José Lacerda (MDB) na segunda. Integram a chapa os partidos PSD, PP, PTB, PV e MDB.

Compartilhar