As férias chegaram, agora pode tudo?

234
Compartilhar
Foto:Divulgação

Por: ANDREIA VIEIRA BERTHI

Normalmente, nas férias, há quebra de rotina para as crianças. Os pais costumam liberar um pouco, ou muito, os horários e a rotina diária.

Começa com o café da manhã, normalmente mais tarde, porque acordam mais tarde; como consequência, o almoço fica comprometido. Há, ainda, os lanches em excesso e fora dos horários das refeições, saindo da tradicional rotina dos bons hábitos alimentares. As idas ao cinema, piqueniques, passeio na casa dos coleguinhas, dos avós e as viagens para praias, parques de diversões e outros, também facilitam o consumo exagerado de doces, sorvetes, salgadinhos, frituras etc.

No entanto, não pode haver descuido quando o assunto é alimentação saudável. As férias podem e devem mudar a rotina, ser realmente um momento de distrair e descansar, mas não podemos vacilar quando o assunto é saúde; esta, não deve entrar em férias nunca! Seja em casa ou em viagem, é muito importante ter limites e manter a rotina alimentar e os hábitos saudáveis, vigiando os momentos convidativos à má alimentação, como, por exemplo, ao ver TV, jogar vídeo game, ficar nos tabletes e celulares, ou ao ir ao cinema.

É também de fundamental importância evitar, sobretudo evitar os excessos daqueles alimentos que sabemos ser maléficos, tais como doces, sorvetes, refrigerantes, frituras etc. Devemos sempre oferecer às crianças produtos naturais e integrais, como frutas, legumes, verduras, iogurtes. Eu diria: desembale menos e descasque mais.

As férias permitem que os pais fiquem mais tempo com os filhos, porque não fazer uma programação diferente como dedicar a elaborar receitas junto com os pequenos. Envolver a criança na preparação dos alimentos e aos poucos explicar a importância de cada um deles é uma ótima alternativa para estimulá-la a adquirir novos hábitos seguros e saudáveis. A família é o principal modelo para a criança e nós, pais, somos responsáveis pelas escolhas dos alimentos. Se não são consumidos bons alimentos dentro de casa, dificilmente a criança vai gostar e criar o hábito de consumi-los.

Ainda, no período das férias, em que as atividades físicas são mais frequentes, não podemos nos esquecer de manter a hidratação em dia: água, sucos naturais e água de coco são as melhores opções para manter as crianças hidratadas.

 

(*) ANDREIA VIEIRA BERTHI é culinarista saudável e educa em Diabetes. Instagram: @andreia_nutrid1

Compartilhar