Adolescente de 17 anos matou comerciante após oferecer programa sexual

5
Compartilhar

Uma adolescente de 17 anos foi apreendida nesta segunda-feira (22), por suspeita de matar o comerciante Aécio Ribeiro da Silva, de 66, na região central de Alto Paraguai (200 quilômetros de Cuiabá).

Ela e o marido, João Marcelo Nonato da Silva de Assunção, conhecido como Perninha, de 21 anos, foram localizados pela Polícia Militar no bairro Jardim Adriana, em Diamantino.

Conforme boletim de ocorrência, a adolescente e o marido foram até o bar da vítima, por volta das 2h40 de domingo (21). Na ocasião, ela se ofereceu para um programa sexual com o homem.

O comerciante aceitou, porém, pediu que a menor aguardasse cerca de duas horas, pois ele teria terminando de jantar. A adolescente então pediu que Aécio deitasse na cama e cinco minutos depois, pegou uma faca e atingiu o homem na região do pescoço.

O comerciante ainda teria levantado com a faca cravada e dito: “quer me matar mesmo? ”. Com isso, a adolescente escorregou no sangue, que acabou se espalhando pela casa. Logo depois, ela pegou cerca de R$ 300 na sala e fugiu correndo pelos fundos.

Aos policiais, a garota disse também que queimou as roupas usadas no crime pois elas estavam sujas de sangue. A faca foi apreendida e deverá passar por perícia.

Ambos foram encaminhados para delegacia de polícia.

POR OLHAR DIRETO

Compartilhar